como evitar a evasao

7 dicas eficazes para evitar evasão escolar

Como evitar a evasão escolar? Esta é, de longe, a questão mais complicada para um gestor. Reconhecer o problema na raiz, analisar suas causas, pensar nas possíveis soluções, começar a aplicá-las e investir em melhorias.

O abandono de alunos de uma escola profissionalizante antes do previsto é um problema muito comum e frequente nos dias de hoje, ainda mais com tanta concorrência e metodologias de ensino diferenciadas.

A grande missão é manter o aluno sempre motivado e interessado nas aulas. Por isso, fizemos este post para ajudá-lo a diminuir os riscos da evasão. Acompanhe.

Como evitar a evasão escolar: comece entendendo as causas

A principal causa de evasão escolar é a falta de interesse dos alunos e, portanto, o maior desafio de um gestor para evitar o problema. O desinteresse pode vir da baixa qualidade do ensino oferecido, dos materiais didáticos entregues e a dificuldade no aprendizado.

Uma saída já utilizada e que gera resultados é a mudança na forma de ensinar conteúdos complexos e o uso da tecnologia como aliada no processo de aprendizado dos estudantes.

Continuando, é comum encontrarmos jovens que precisam parar de estudar para trabalhar e, assim, complementar a renda da família, nesse caso algumas medidas para ajudar o aluno podem ser tomadas.

Você já pode notar que para evitar a evasão escolar é preciso analisar as possíveis causas. Portanto, inclua no seu planejamento anual a opção de examinar os pontos fracos da sua escola e acompanhar aqueles alunos que já apresentam sinais de dificuldade (no aprendizado ou financeira) e que podem evadir.

7 dicas de como evitar a evasão escolar

Acima vimos as causas da evasão escolar e pudemos notar que elas são adversas e dependem de fatores internos e externos à escola profissionalizante. Por isso, não pode ser evitada com ações pontuais. É necessário pensar diariamente no que pode ser melhorado para reter mais alunos e aumentar o seu faturamento.

Usar a tecnologia a favor do aprendizado e da comunicação com os alunos e pais, pensar nos pontos fortes e fracos da sua escola e em quais caminhos ela deve seguir são boas maneiras de começar.

1. Identifique os erros da sua escola

Se muitos estudantes estão deixando sua escola antes do final do ano letivo ou do curso em que foram matriculados, talvez o problema não seja externo.

Faça pesquisas de opinião e peça feedbacks aos alunos para saber o que eles acham da sua instituição de ensino e, assim, poder melhorar os pontos fracos e aumentar a satisfação deles.

Outra solução é contar com softwares de gestão que podem oferecer relatórios precisos a partir da análise de dados reais como número de matrículas, faturamento, inadimplência. Com esses relatórios automatizados, você pode começar suas estratégias de dentro para fora.

Seja proativo e tente resolver os problemas que os pais ou alunos possam apresentar em reclamações. Faça o possível para dar respostas e solucionar conflitos. A falta de retorno pode gerar uma imagem negativa da sua escola e tornar a sua marca malvista no mercado.

Assim como reconhecer seus erros é importante saber os seus acertos também. Use os diferenciais da sua escola a seu favor: compartilhe cases de sucesso e saiba ressaltar as qualidades dela diante dos concorrentes.

2. Ofereça benefícios para os alunos

Se na sua escola as causas da evasão escolar estiverem relacionadas com a situação financeira dos pais, responsáveis ou mesmo dos estudantes, é hora de repensar algumas estratégias. Que tal oferecer benefícios como bolsas e descontos?

Uma boa forma de começar é aplicando programas de fidelização de alunos do tipo “indique um amigo e ganhe um benefício”. Além de estar evitando a evasão desse aluno, você ainda consegue captar mais.

Oferecer descontos na mensalidade e no material didático também é uma ótima solução. Bolsas de estudos para os alunos que obtiveram melhores resultados em algum teste de uma campanha de captação é igualmente válido.

Pense a respeito, considere a melhor relação custo X benefício para o seu negócio e comece essa estratégia o quanto antes!

3. Ofereça materiais didáticos de qualidade

Outra questão que contribui para a evasão escolar é a utilização de material didático desatualizado e desfasado. Em tempos de internet, é mais que necessário pensar em algo interdisciplinar e atualizado.

4. Invista na infraestrutura

Tão importante quanto uma equipe escolar bem treinada e material didático é a infraestrutura da escola. O espaço deve ser harmônico, atraente e despertar no aluno o desejo de permanecer no local, fazendo com que se sinta pertencente àquele ambiente. Invista em ar-condicionado em todas as salas de aula.

Atente-se à qualidade e condição dos móveis porque se forem desconfortáveis podem atrapalhar o rendimento dos seus alunos. Mesas amplas com a altura certa e carteiras confortáveis são exemplos de mobiliários adequados.

Mantenha o espaço físico sempre organizado e limpo. Tematize sua escola e personalize as salas de aula de acordo com a faixa etária dos estudantes.

Ah, e não se esqueça de garantir a acessibilidade a todos: coloque rampas de acesso, corrimões e banheiros adaptados.

4. Use a tecnologia a favor da sua escola

Numa geração cada vez mais dependente da tecnologia e suas inovações, faz-se necessário utilizá-la a favor do seu negócio ao invés de dar às costas a ela. Portanto, não há motivos para duvidar do sucesso em se unir tecnologia e educação.

Aliada à educação, a tecnologia garante a rapidez e objetividade no compartilhamento de informações e conhecimento, facilita a comunicação e pode prender muito mais a atenção dos alunos.

A) Como usar a Internet em prol da sua escola

Pense no marketing digital como uma boa saída para a sua escola, utilize ferramentas de automação, esteja nas redes sociais, tenha um blog da escola e faça campanhas online.

Crie um aplicativo da escola onde os alunos podem ter acesso rápido e fácil às informações essenciais como horários de aulas, notas, desempenho escolar, mensalidades e outras questões. Utilize as redes sociais como um canal para facilitar a comunicação com pais e alunos, e também para compartilhar conteúdos.

B) Una a tecnologia ao método de ensino

Opte por materiais que explorem as capacidades visuais dos alunos durante as aulas como vídeos e animações. Muitos alunos, hoje, no Brasil, desistem de estudar porque as aulas são desinteressantes e a metodologia tradicional não é atraente. Então, que tal repensar sua metodologia de ensino?

C) Conheça o método interativo

Você já ouviu falar no método de ensino interativo? Se não, listamos abaixo suas principais vantagens:

A aprendizagem acontece a partir da interação entre o estudante e o computador. Nela, os horários de aula são mais flexíveis, pois é o aluno quem monta sua grade. Isso garante maiores chances do aluno continuar na sua escola por muito mais tempo.

É totalmente adaptada às necessidades de cada estudante, pois é interativa. Ou seja, o aluno aprende de forma individual. Por conta disso, o conteúdo acompanha a presença do aluno na escola e, por fim, os instrutores são treinados para atenderem demandas de diversas áreas.

Aprenda mais sobre a metodologia no artigo Método de Ensino: As vantagens de investir no método para sua escola

Considere esses fatores e não deixe de lado a tecnologia na sua escola!

6. Treine sua equipe escolar para evitar a evasão

Uma equipe escolar bem treinada está preparada para as adversidades que podem surgir ao longo do ano letivo. Também é importante que, nessa equipe, as funções sejam bem definidas e que todos os colaboradores tenham as noções necessárias de como tratar o público e dar uma solução rápida para os eventuais problemas.

Sempre que um aluno necessitar de uma ajuda ou informação da escola para qualquer fim, ele precisa ter de maneira rápida e eficaz. No caso de problemas pessoais, é interessante que a escola tenha um funcionário capacitado para escutar e aconselhar de forma coerente, mostrando que a escola se preocupa com questões além das educacionais.

Aprenda como uma equipe escolar preparada para os desafios educacionais e bem treinada nos requisitos comerciais. Leia nosso artigo sobre treinamento de equipes.

7. Acompanhe de perto a situação escolar dos seus alunos

Por fim, nada de ter alunos como apenas números. Saber o nome de cada um, se possível, e acompanhar de perto o seu desempenho na escola são pontos essenciais. Além de garantir um atendimento mais humanizado, vai dar a você maior chance de saber quais estudantes estão com problemas que podem causar a evasão escolar e, com isso, você pode tomar algumas medidas para evitar.

Após identificar as causas da evasão na sua escola e entender como melhorá-la, é hora de pôr a mão na massa. Não deixe de investir tempo e alguns recursos para fazer essas melhorias.

Agora que chegou até aqui e sabe as melhores dicas para evitar evasão na sua escola, que tal dar o próximo passo? Baixe o nosso e-book gratuito sobre fidelização de alunos em escolas profissionalizantes!

Como criar um elo com seus alunos: Faça com que indiquem sua escola!

Deixe uma resposta