Força de Vendas: Como montar uma equipe comercial que venda mais?

A força de vendas é responsável por desenvolver estratégias e ações direcionadas ao seu público alvo para ajudar nas vendas e no aumento do faturamento da escola profissionalizante.

Nesse caso, o gestor escolar não deve delegar às equipes administrativas a responsabilidade de desenvolver ações para captação de  novos alunos. Esse trabalho não condiz com suas habilidades.

E o processo de captação pode não ter os resultados esperados. Portanto, é essencial montar e treinar uma equipe escolar completa e segmentada.

Para não cometer erros é importante que o gestor saiba montar uma força de vendas eficiente, capaz de cumprir metas de captação.

Este texto vai mostrar o passo a passo para montar a sua equipe comercial ideal. Preste atenção e boa leitura!

1.Força de vendas deve começar na escolha dos profissionais

Cabe ao gestor buscar profissionais de vendas que sejam responsáveis, comprometidos e com experiência de captação de clientes.

Não é interessante restringir a busca por profissionais apenas experientes em vendas de cursos do método de ensino tradicional, pois existem novos modelos.

Portanto, o melhor é buscar profissionais seguros, que transmitam confiança ao cliente e que consigam se adaptar à realidade da sua escola.

2.Definir metas e ética

Infelizmente, existem profissionais de vendas que oferecem inverdades com o objetivo exclusivo de captar novos alunos e cumprir suas metas.

Para evitar isso, é essencial que o gestor exija uma postura ética perante os futuros alunos.

Dessa forma, após o ingresso, não ocorram transtornos e divergências nas informações.

É essencial para o monitoramento de produtividade e vendas definir metas diárias, semanais, quinzenais ou mensais para a equipe comercial.

Como incentivo, estipule gratificações para a força de vendas sempre que atingirem as metas. Isso os estimulará a vender sempre mais.

3.Criar um material de vendas atraente

Para ser um aliado, o material de vendas precisa ser apresentável e bem escrito, com uma linguagem atraente.

O recomendado é procurar uma agência de publicidade para elaborar scripts de qualidade, criando uma imagem positiva para a escola profissionalizante.

Desta forma, a sua força de vendas terá uma ferramenta de divulgação eficaz para os futuros alunos que, somada à argumentação de vendas, dará resultados satisfatórios.

Consequentemente, você realizará a efetivação de novas matrículas.

4.Disponibilize suporte tecnológico moderno

O gestor deve disponibilizar para a sua força de vendas um software de gerenciamento de contatos dos potenciais alunos.

O CRM é muito usada para acompanhar o andamento de cada etapa e apresentar – detalhadamente – o que falta para concluir o processo de efetivação da matrícula.

Normalmente, grande parte dos softwares de gestão escolar possui o CRM para o monitoramento de vendas.

O que possibilita ao gestor da escola também acompanhar o atendimento de cada consultor de vendas e avaliar desempenhos.

Além disso, é preciso disponibilizar para a equipe comercial outras ferramentas digitais como perfis em mídias sociais e e-mails personalizados para a captação de alunos.

5.Forneça treinamento contínuo para a sua força de vendas

A equipe de vendas deve ser treinada constantemente com o intuito de aprimorar mais o processo de vendas da sua escola profissionalizante.

Ela precisa aprender técnicas novas de abordagem, estratégias de vendas, atendimento personalizado e tudo sobre o pós-venda.

Atualmente, existem bons cursos de qualificação, de baixo custo. É importante o gestor compreender que o investimento faz parte do processo de captação de alunos. Para vender mais, é necessário investir.

6.Monitore o desenvolvimento da equipe

Cabe ao gestor acompanhar de perto o desenvolvimento da equipe para saber se as expectativas estão sendo atingidas.

Também é importante que se prepare para possíveis mudanças de estratégia, no objetivo de alavancar a captação de alunos.

Se algum colaborador da força de vendas não estiver atingindo as metas, o gestor deve analisar qual o possível problema e, se necessário, oferecer novos treinamentos ou novas ferramentas de trabalho.

Caso o problema persista, pode ser o momento de fazer uma reavaliação de perfil e buscar um novo consultor de vendas.

Seguindo essas dicas, o gestor conseguirá montar uma força de vendas engajada, satisfeita e que entregue resultados.

O próximo passo é estudar a fundo sobre processos de vendas para escolas. Baixe nosso Guida de Vendas para Escolas Profissionalizantes gratuito e completo.

Deixe uma resposta