5 dicas para aumentar o rendimento escolar dos seus alunos

Rendimento Escolar: 5 dicas para aumentar o rendimento dos seus alunos

Você sabia que a principal forma de alcançar o sucesso de sua escola profissionalizante é garantindo um bom rendimento escolar dos seus alunos? Para isso, você pode adotar diversos métodos e tomar algumas simples atitudes, desde a área de gestão escolar até a forma como o conteúdo é ensinado.

Que tal entender um pouco mais sobre o assunto? No post de hoje, listamos 5 dicas essenciais para lhe ajudar a melhorar o desempenho dos estudantes. Confira!

1. Entenda o perfil dos seus alunos

Já falamos aqui no blog sobre como entender quem são seus alunos é um importante fator de sucesso para sua escola. Isso porque os cursos profissionalizantes atendem a necessidades específicas dos estudantes. Sendo assim, quanto mais personalizado e efetivo para o seu público-alvo for o ensino, melhor!

Entender esse perfil também pode colaborar para uma gestão mais efetiva. Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), escolas que se preocupam em realizar uma boa gestão podem elevar o aprendizado do aluno médio em quase 40%.

rendimento escolar

2. Adote uma estratégia de ensino compatível com o perfil dos estudantes

Depois que compreender o perfil dos alunos, é necessário que sua escola utilize um sistema de ensino efetivo para esses estudantes. Por exemplo, para gerações como Y e Z, o método tradicional de ensino não funciona tão bem, pois elas são hiperconectadas, vivem na era da interatividade e possuem uma criatividade ilimitada.

Você pode conferir um guia sobre as diferenças de métodos de ensino aqui.

Dessa forma, você deve encontrar a estratégia ideal para os seus alunos. Assim, é possível garantir que o conteúdo seja bem absorvido e, consequentemente, que eles tenham um bom rendimento.

3. Utilize exemplos práticos para explicar teorias

Os cursos profissionalizantes têm conteúdos voltados para funções específicas de uma profissão e, por isso, é essencial que as teorias ensinadas estejam sempre associadas a exemplos práticos. Isso vai facilitar a compreensão dos alunos e ajudá-los a aplicar melhor o conhecimento aprendido.

Por exemplo, se os alunos do curso profissionalizante de Adobe Photoshop da sua escola estão aprendendo os fundamentos do programa, o ideal é utilizar o método interativo de ensino, que possibilita simular a prática do software. Assim, os alunos podem praticar a teoria sem a necessidade de instalar o programa.

4. Desenvolva um método eficiente de avaliação de rendimento escolar

Existem diversos tipos de avaliação e nem sempre os mais comuns são ideais para o perfil dos seus alunos. Portanto, você deve encontrar um método que avalie, de fato, se os estudantes aprenderam o conteúdo passado ou não.

Aqui, separamos um infográfico para você entender melhor o perfil do aluno.

As formas de medição devem ser feitas, também, para entender onde estão as maiores dificuldades dos alunos. Assim, sua escola vai conseguir ajudá-los da melhor forma!

5. Crie um sistema de incentivos para melhorar o rendimento escolar

Motivar e incentivar os alunos são atitudes essenciais para que eles tenham um melhor desempenho. Fazê-los acreditar que são capazes, potencializar as habilidades e trabalhar bem as dificuldades são ótimas formas de colaborar com o bom rendimento escolar.

Outra forma eficaz de incentivo é um sistema de recompensas, por exemplo. Ele não precisa necessariamente envolver recompensas materiais, mas deve reconhecer e enaltecer o potencial dos alunos de destaque. Vale um quadro com destaques do mês, uma publicação nas redes sociais, premiação com tickets de desconto em cinemas e teatros, livros, e-readers e qualquer outro tipo de recompensa que os incentive.

Contribuir para o bom rendimento escolar dos seus alunos é uma ótima forma de garantir que eles permaneçam em sua escola. Também existem outros fatores que auxiliam na retenção de estudantes, incluindo o ambiente escolar.

 

 

Deixe uma resposta