Como atrair alunos de diferentes gerações?

Atrair alunos de diferentes gerações é uma oportunidade para a sua escola crescer!

Cada uma com sua individualidade, alunos de diferentes gerações podem conviver juntos e acabam um influenciando no outro, pois somos seres que vivem em uma sociedade que está em uma constante mudança.

Sua escola está dando essas oportunidades para seus alunos? É preciso pensar e refletir sobre isso.

Há alguns anos as gerações eram separadas por uma média de 20, 25 anos, atualmente, com tantos desenvolvimentos, principalmente no quesito tecnologia, as gerações mudam por volta de 10 em 10 anos.

Assim, desde os anos 40, temos no Brasil algumas gerações que destacam e ainda estão ativas no mercado e no ambiente escolar.

Neste post, vamos falar um pouco sobre cada uma dessas gerações e como suas características podem ajudar a atrair alunos de diferentes gerações.

Gerações

1. Boomers

Os boomers são as pessoas mais atreladas ao tradicional. Nasceram antes dos anos 40 e já conquistaram a aposentadoria. Porém, isso não é um fator que impede essas pessoas de procurarem por novos aprendizados.

Para lidar com essa geração, uma escola livre e/ou profissionalizante precisa entender que, apesar de, serem tradicionais e já terem vivido há mais tempo a época escolar, os boomers estão convivendo com pessoas de gerações mais recentes e com isso, estão à procura do novo.

Reflexo disso é o crescimento da adesão dessas pessoas às redes sociais e outras ferramentas tecnológicas.

2. Baby boomers

Nascidas durante o Baby boom, entre os anos 40 e os anos 60, essas pessoas vivenciaram o crescimento econômico pós-guerra e foram influenciadas a terem uma perspectiva de um novo mundo.

São pessoas motivadas, otimistas e, geralmente, estão em altos cargos empresariais ou se aproximando ou já chegaram a uma aposentadoria.

Uma escola profissionalizante que queira focar nesse público precisa oferecer desafios incentivadores e competitivos, de forma limpa e honesta, pois entre as diferentes gerações que procuram por atualização e novas perspectivas de aprendizagem, essa é uma geração que preza por uma liderança baseada no controle e no compromisso com o outro.

3. Geração X

Uma geração entre as mais tradicionais e as mais tecnológicas e inovadoras. Foram muito influenciados pelos canais de tv, são materialistas e não gostam muito de serem controlados.

Estão atentos às mudanças sociais e acreditam em mudanças, quando necessárias, buscando sempre desenvolver novas habilidades.

A geração X procura um equilíbrio entre a carreira e a vida pessoal e por isso, a forma de ensino ideal para essas pessoas é a que gira em torno da liberdade de escolhas.

Ou seja, eles estão rompendo com o tradicional e buscam uma formação escolar cada vez mais avançada e que possa acontecer concomitante com seus avanços na carreira.

4. Geração Y

É a geração que está atualmente no mercado de trabalho e que está muito atenta as possibilidades que a volta aos estudos pode proporcionar.

É uma geração imediatista e inovadora. E uma instituição de ensino precisa saber como revolucionar sua gestão, saindo do tradicional para atender esse público e as próximas gerações.

São o público ideal para uma escola livre e/ou profissionalizante, pois são motivados, determinados, inovadores e eficientes.

Uma geração que procura por um ensino mais livre, com o uso de ferramentas mais tecnológicas e interativas.

5. Geração Z

Essa é uma geração muito importante para o ambiente escolar, pois são os alunos que estão no ciclo básico dos estudos.

São pessoas que estão cada vez mais individualistas e com isso, poderão encarar muitas dificuldades no mercado de trabalho que vai em um caminho contrário, prezando cada vez mais pelo trabalho em grupo.

A escola precisa atrair alunos dessa geração a partir dessa característica individual, mas propondo algo que mostre a importância do grupo em uma vida em sociedade.

Atrair alunos vai além de inovar com tecnologias, é preciso inovar as ideias e dar espaço para a criatividade.

Como tudo que é diferente, entre as gerações também há conflitos. Nesse caso, conflitos de ideias e de percepções de mundo.

É nesse momento que uma escola que sabe lidar com essas divergências consegue atrair alunos de diferentes gerações.

 

perfil-aluno-blog

Deixe uma resposta