3 dicas para melhorar a retenção de alunos

Melhore a retenção de alunos com esta lista de dicas imperdíveis que reunimos.

Um dos maiores desafios da atualidade é, sem dúvidas, o de encontrar um modelo de educação estimulante e produtivo para os estudantes do país. São muitas as barreiras enfrentadas por educadores e gestores escolares, sendo a evasão escolar uma das mais alarmantes.

Por isso, promover o engajamento e permanência de alunos no ambiente escolar é, definitivamente, o ponto central para a conquista de uma educação de qualidade.

Pensando nisso, reunimos no post de hoje uma lista com dicas imperdíveis para melhorar sua retenção de alunos. Preparado? Então continue acompanhando!

1. Invista na retenção de alunos desde a captação

Para uma boa retenção de alunos é importante que essa preocupação surja já no momento da matrícula. É essencial que as expectativas do estudante e da sua família estejam em sintonia com a filosofia de ensino e de gestão da escola.

Para isso, é indicado que haja um diálogo sempre detalhado e elucidativo acerca do que será oferecido e como é o trato entre profissionais, responsáveis e alunos. Os preços praticados, políticas de reajustes e gastos geralmente vinculados à instituição devem ser todos expostos e esclarecidos.

Dessa maneira, evita-se qualquer possível desentendimento ou insatisfação inesperada, visando reter mais alunos. Além disso, é uma postura que facilita a programação financeira e de rotina de todas as partes.

2. Faça da escola um ambiente encorajador

Um aspecto que desencoraja muitos alunos no ambiente escolar, especialmente no profissionalizante, é a falta de perspectivas de trabalho. Por isso, desde o primeiro contato com o aluno, é essencial estimulá-lo a se dedicar ao estudo, apresentando projeções profissionais palpáveis.

Para manter seu aluno engajado e empolgado com o ensino, dois pontos são determinantes:

  • Ofereça aulas com conteúdos interativos, de qualidade reconhecida, mostrando, assim, que o que está sendo oferecido a ele é um ensino de real qualidade e que servirá como um grande diferencial competitivo no mercado de trabalho;Entenda melhor o sistema interativo aqui.
  • Busque parcerias com empresas e instituições em programas de estágios e trainees. Desse modo, sua escola poderá encaminhar alunos para experiências práticas relacionadas ao que for ensinado em sala de aula e, ainda, oferecerá a chance de adquiram bagagem para tornarem-se bons profissionais.

3. Ofereça facilidades para quitação de pendências financeiras

O fator econômico é um dos mais recorrentes entre as razões que levam um aluno a abandonar a escola. Especialmente quando existem aumentos expressivos de mensalidades e taxas ou, simplesmente, trata-se de um momento de instabilidade econômica, como o atual, e a situação financeira torna-se mais delicada.

É claro que lidar com a inadimplência não é nada positivo para a gestão escolar, entretanto uma certa flexibilidade nas formas de pagamento pode incentivar a manutenção do aluno na escola.

Por isso, ofereça possibilidade de parcelamentos de mensalidades atrasadas, trate sempre o tema como extrema educação e discrição e valorize históricos de bons pagadores que, por algum motivo, estão passando por dificuldades no momento.

retenção de alunos

Uma resposta para “3 dicas para melhorar a retenção de alunos”

  1. Anônimo disse:

    3.5

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta